-->

sábado, 6 de janeiro de 2018

Sobre o que assisti #1

Hellow fofinhos do meu coração!!! Como está sendo esse comecinho de 2018 de para vocês? Já começaram a cumprir as promessas que fizeram dia 31? Eu vou tentar cumprir as de 2017, depois penso nas de 2018 haha.

O ano começou e a correria também. Só tive dois dias de folga para relaxar um pouquinho e aqui estou eu novamente, a todo vapor. O que eu fiz nesses dois dias? Uma tentativa fracassada de retomar uma leitura e muitos episódios seguidos de Van Helsing (assunto para outro post) e filmes!! Quem aí ama a Netflix? \o/ Vamos conversar sobre eles?

#1 Fica Comigo
Título Original: You Get Me
Elenco: Taylor John Smith, Halston Sage, Bella ThorneGênero: Suspense
Ano: 2017
Duração: 1h 29 min
Nacionalidade: EUA
Sinopse: A bela e jovem Holly (Bella Thorne) está completamente obcecada: depois de uma transa intensa com Tyler (Taylor John Smith), ela decide iniciar uma jornada árdua para conseguir ficar com ele a qualquer custo. O primeiro passo foi se matricular na mesma escola dele, para ficar atenta a todos os seus passos. O que deveria ser apenas mais uma paixão adolescente começará a passar de todos os limites.
Sabe quando você está lá distraída olhando o catálogo e se depara com um título fofinho? Foi o que aconteceu comigo e Fica Comigo. Mas o filme, bem como diz a sinopse, não é nada fofinho. Após uma discussão com a namorada Tyler conhece Holly, uma garota linda e rica que esconde problemas psicológicos graves, os dois vivem algumas horas divertidas e de muito prazer. Se Tyler imaginava que tudo voltaria ao normal no dia seguinte e depois desse verão nunca mais veria Holly, ele estava muito enganado.

Na volta as aulas a garota vai estudar no mesmo colégio que ele e sua namorada, tornando-se amiga dela, e é aí que o pesadelo começa. Holly começa a perseguir o Tyler e se torna um tanto quanto perigosa, ela quer que eles fiquem juntos a qualquer preço e vê a namorada, Alli, como um obstáculo.

Eu gostei bastante do filme, ele tem um enredo legal e realmente prende nossa atenção. A Holly é realmente uma psicopata, ela criou uma história em sua cabeça da qual nada e nem ninguém consegue convencê-la de que aquilo não é real. Alli é a típica mocinha, fofinha, amiga e que não vê maldade em ninguém, ingênua apesar de também ter um passado meio duvidoso (contraditório, eu sei). O filme conta bem a história, mas tem algumas lacunas. Achei que faltou explicar o motivo dos problemas psicológicos da garota, só sabemos que ela não segue o devido tratamento, mas não sabemos as reais origens de tudo.

A trama gira em torno desses três personagens, e os demais são pouco participativos. Achei que a amiga da Alli teria um papel um pouco mais importante quando começa a desconfiar do comportamento da nova aluna, mas não foi o que aconteceu.

Recomendo. A produção é original Netflix e já podemos ver que a atriz Bella Thorne vai ser fugurinha carimbada nas produções originais. Ela também participa de Babá e Duff, originais Netflix.

#2 Nunca diga seu nome
Título Original: The Bye Bye Man
Direção: Stacy TitleElenco: Douglas Smith, Lucien Laviscount, Doug JonesGêneros: Terror, Suspense
Ano: 2017
Duração: 1h 37min
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Três estudantes universitários decidem sair para acampar no tranquilo estado do Wisconsin, nos Estados Unidos. Mas os planos de terem alguns dias e diversão e descanso são interrompidos quando suas vidas se cruzam com o temido "The Bye Bye Man", uma criatura mística e sobrenatural que acaba perseguindo-os. Agora eles vão ter que lutar para sobreviver, contra este que é a raiz de todos os atos maus do homem.
O filme propõe contar a história do The Bye Bye Man, eu digo propõe porque ele não conta, pelo menos não do jeito que eu gostaria, afinal gosto de saber o pouco sobre a origem das coisas, e não gostei como o personagem simplesmente surgiu na história.

Bye bye man é mostro/espirito/não sei o que, que aparece para aterrorizar qualquer um que fale ou pense em seu nome, ao pensar ou dizer é como se os estivesse chamando, assim ele domina a mente dessas pessoas para que pratiquem atos terríveis, especialmente matar. Ele é prenunciado por seu cão infernal (inútil, diga-se de passagem) e uma moeda. Elliot, sua namorada e seu melhor amigo se mudam para uma casa em Wisconsin, e coisas estranhas começam a acontecer após Elliot encontrar uma moeda e um antigo móvel escrito “Não pense, não diga” várias e várias vezes, escondido havia o nome, The Bye bye Man.

O filme no geral é bom, mas não o suficiente. Tem suspense, terror, sangue e uma cronologia legal. O filme faz sentido, mas senti falta de explicar a história do Bye Bye Man, como ele surgiu, porque ele faz o que ele faz, e porque ele aparece quando pensam ou falam o seu nome. Ele deixa uma brecha para uma possível sequência, o que seria ótimo se explicasse essas coisas nela e explorasse mais o vilão, se não, é completamente dispensável.

O filme é baseado em um livro, fontes diferentes citam livros diferentes (vai saber!?). De acordo o enredo, tinha tudo para dar certo, mas foi falho em diversos pontos, não conseguimos criar apego nem mesmo pelos personagens principais, e suas mortes se tornam desinteressantes.

Eu gostei, prendeu minha atenção, mas terminei o filme um tanto decepcionada pelas perguntas não respondidas.


Por hoje é só! Beijinho, beijinho e tenham um 2018 cheio de luz!!!

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Esses 2 meses...

Oi pessoas lindas!!! Como estão? Como foram de Natal? 2017 já tá acabando e eu nem acredito que passou tão rápido. Desculpa o desaparecimento, aconteceram muitas coisas nos últimos dois meses que me impediram de fazer várias coisas, inclusive, atualizar por aqui. Vou contar as coisas boas que aconteceram e também as não tão boas.

Vou começar pelas coisas complicadas que são as principais justificativas. Tudo começou com o queridinho do meu notebook, um belo dia conectei o carregador dele na tomada e ele do nada queimou, com direito a faísca e fumaça e tudo mais. Encomendei um novo pela internet, o que me levou a ficar duas semanas sem computador. Até aí tudo lindo, o carregador chegou em perfeito estado e logo tudo se normalizou. Até que menos de um mês depois o pior acontece, o notebook simplesmente não liga, por nada no mundo. Levei na assistência e o diagnóstico foi defeito na placa. Resultado: um carregador novinho e um notebook morto. Meu desespero não poderia ser maior, devido à idade do note não vale a pena substituir a placa, então terei que comprar outro. Olha só o prejuízo.

Agora já estou mais conformada, sei que não há nada mais que eu possa fazer. Esperar um pouco e conseguir comprar um novo. Por enquanto estou usando um emprestado.

Nesse meio tempo também vieram notícias boas. Primeiramente consegui meu estágio! Eu queria tanto isso, e precisava muito, pois sem isso não tem formatura. Meu tempo está bem reduzido agora, dividido entre as atividades do estágio, a faculdade e o tenebroso TCC (trabalho de conclusão de curso), o qual está me dando muita dor de cabeça. Mas eu estou bem feliz e na expectativa de me formar!

Falando em formatura... Mês passado tirei as fotos para o convite. Foi um dia muito cansativo, mas gostei bastante do resultado. As fotos de “estúdio” foram tiradas na própria faculdade e as externas foram tiradas em um lugar muito bonito, em frente a uma igreja antiga. O ensaio terminou já com o pôr do sol, o que fez com que algumas fotos ficassem ainda mais bonitas.
Minha best foi comigo e ficou o tempo todo ao meu lado. Sorte de ter amigos assim. Só irei receber as fotos tratadas pela empresa depois da formatura, junto com as fotos do dia da colação. Mas é claro, que tirei várias fotos no celular.

E nesse clima de renovação para 2018, escureci os cabelos. Meu cabelo sempre foi castanho claro, e eu nunca mudei. Dessa vez criei coragem e me joguei no pretão. Agora só falta deixar crescer.

Aproveito agora, para desejar a todos vocês um Feliz Ano Novo, repleto de paz, amor, saúde e prosperidade. Que 2018 seja um ano de realização de sonhos e novas conquistas. Que cada um de vocês consigam completar seus planos e fazer de 2018 um ano bem melhor do que foi 2017.

Um grande beijo e até breve!


quarta-feira, 18 de outubro de 2017

7 app que não podem faltar no meu celular

Oi gente!! Hoje eu vim falar sobre tecnologia e aplicativos de celular. Eu sou uma pessoa que mexe no celular o tempo todo. Ás vezes ficar sem internet ou com o celular descarregado é enlouquecedor. O meu celular deu problema há alguns meses atrás e juntamente com isso deu problema na bateria, resultado: tardes inteiras com o celular descarregado. O bonitinho foi substituído e eu vim contar para vocês alguns aplicativos que não podem faltar.

1. Whatsapp

Acho que esse sem dúvida o número 1 da lista de quase todos e o primeiro a ser instalado. Estamos em uma era em que estamos constantemente conectados a internet e dificilmente fazemos uma ligação, sendo assim, o Whatasapp e outros aplicativos de mensagens similares se tornaram o principal meio de comunicação. Eu só ligo para meus pais, porque eles não usam o aplicativo. Até quando quero ligar para um amigo uso o app.

2. Instagram

A principal rede social de fotos. Eu estou o tempo todo conectada, sigo os mais diferentes perfis, de amigos a blogs e artistas. De música, dança, livros, o que me interessa. Por outro lado, não posto tantas fotos assim.

3. Moon+ Reader

Eu gosto muito de ler, e que melhor maneira de carregar sempre um livro comigo do que deixa-lo o celular? Para ler eu uso o Moon+ Reader, que é um aplicativo muito legal com um visual limpo, onde eu posso marcar páginas e marcar textos com marcadores coloridos, a leitura retoma da página onde parei quando abro o app novamente. Além disso tenho a possibilidade de colocar os temas mais adequados tanto para o dia como a noite, que pode trocar automaticamente de acordo o horário, configurar a fonte e deixar tudo no estilo que eu preferir. Ele também tem uma opção que me obriga a descansar as vistas quando passo muito tempo lendo algo. O melhor aplicativo de leitura que eu já usei e sempre recomendo para todo mundo. Pena não ter uma versão para computador.

4. Aviary

Já usei diversos editores de foto, mas o Aviary realmente me conquistou. Ele é muito simples de mexer, tem vários efeitos, molduras e adesivos. Além disso é possível adquirir novos pacotes de tudo isso pelo próprio app, alguns gratuitos e outros pagos, super bonitinhos. Os pacotes pagos são bem baratinhos. Não troco mais de app.


5. BB

Acho que ter um aplicativo do seu banco facilita muito o nosso dia-a-dia, através dele dá para acompanhar quando o salário caiu na conta, fazer transferências, pagar contas e até colocar crédito no celular. Adeus filas enormes sem necessidade.

6. Polaris Office

Eu recebo muitos documentos do word, excel e power point, e como nem sempre tenho um computador por perto, o Polaris Office é a melhor ferramenta para visualizar tudo pelo celular. Facilitou muito minha vida quando precisava dar aquela última revisada antes de uma apresentação de trabalho na faculdade. 

7. Calendário Menstrual

Eu amo esse aplicativo. Ele diz quantos dias falta para o ciclo, tem a opção de marcar o inicio e o fim, tem alertas, lembretes e você pode marcar quando sente algum sintoma da TPM e a intensidade. Tem um calendário de ovulação, gera gráficos com sua informações (temperatura, peso etc). Tem vários funções interessantes e úteis, é simples, bonitinho e fácil de mexer. O backup pode ser feito pela conta do google.

Então... quais aplicativos você já conhecia? Quais você mais usa? Me conta aí! Beeijooo!!!!