quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Um dia de cada vez – Courtney C. Stevens

Oi pessoas queridas! Como estão no dia de hoje? Espero que muito bem! Primeiro quero desejar um Feliz Natal e um lindo Ano Novo para todos vocês. Que 2015 seja um ano maravilhoso para todos nós e todos os nossos desejos, sonhos e objetivos se concretizem. Muita luz e que Deus abençoe o caminho de cada um de nós. Que tudo de muito especial aconteça! 

Titulo Original: Faking Normal
Autor: Courtney C. Stevens
Ano: 2014
Páginas: 232
Publicado por: Suma das Letras
ISBN: 9788581052366
Sinopse: Alexi Littrell era uma adolescente normal até que, em uma noite de verão, sua vida é devastada. Envergonhada, a menina começa a se arranhar e a contar compulsivamente uma tentativa de fazer a dor física se sobrepor ao sofrimento que passou a esconder de todos. Ela só consegue sobreviver ao terceiro ano do ensino médio graças às letras de música que um desconhecido escreve em sua carteira. As canções parecem adivinhar o que o coração de Alexi está sentindo.
Bodee Lennox nunca foi um adolescente normal, mas agora é o menino que teve a mãe assassinada pelo pai. Em seguida, ele vai morar com os Littrell, e Alexi acaba descobrindo que o Garoto Ki-Suco, o quieto e desajeitado menino de cabelos coloridos, pode ser um ótimo amigo.
Em Um dia de cada vez, Alexi e Bodee, ao mesmo tempo em que fingem para o resto do mundo que está tudo bem, passam a apoiar um ao outro, tentando viver um dia de cada vez.

Um dia de cada vez acompanha a história de dois adolescentes completamente diferentes que passaram por um trauma. Cada um tem um problema e uma história muito diferente do outro e cada um lida com isso da maneira que acha certo, mesmo assim o destino os une para ajudar um ao outro.

Alexi Littrell é o foco maior da história. Ela sofreu uma violência por parte de alguém muito próximo a ela e por isso mantém em segredo o que aconteceu e não conta para ninguém que foi machucada. Ela se tortura por não saber dizer não. Desde o ocorrido começa a contar e a machucar a si mesma como uma forma de fazer a dor física ser maior do que a dor emocional, e assim continuar sobrevivendo. Na escola seu melhor momento é quando troca trechos de letras de músicas na sua carteira com um garoto misterioso.

Bodee Lennox é o outro lado da história. Quieto e observador, sofre Bulliyng desde que se lembra, pinta o cabelo de ki-suco todos os dias e por isso foi apelidado de Garoto Ki-Suco. É o garoto para o qual nenhuma garota olha. Até o dia em que sua mãe é assinada pelo pai. É então que Bodee vai morar na casa dos Littrell, mais perto de Alexi uma amizade começa a nascer a partir do sofrimento de ambos.

“O negócio é que a verdade é uma coisa assustadora. Às vezes é melhor não saber.”

Bodee enxerga em Alexi o que ninguém mais consegue. Ele reconhece a dor que ela sente e vai abrindo espaço naturalmente. Alexi sabe que pode confiar no Garoto Ki-Suco e começa a se abrir com ele, muita coisa ele deduz sozinho. Ele quer protege-la. Um passa a ajudar o outro. Tentam dar voz ao outro, a voz que ele próprio não tem. E conseguem. No meio disso tudo ainda tem o Capitão Letra de Música, o menino que escreve em sua carteira.
“Se um coração é capaz de sorrir, o meu está sorrindo.”
Um dia de cada vez fala sobre o abuso de Alexi com maestria. Não é tão pesado quanto imaginamos que seria um livro tratando desse tema, e deixa muitas coisas nas entrelinhas.  Nos leva para um caminho, nos leva a pensar coisas, para depois caminhar em um sentido diferente. A história é linda e a evolução dos personagens é perceptível. Maravilhoso. Não tem outra palavra.

Courtney diz para cada leitor que a violência, independente do tipo ou origem, não é culpa do violentado. Não importa que roupa você vestia, as palavras que você disse, se foi alguém próximo ou um estranho. Não importa, o culpado pela violência é o agressor. E você precisa falar. É preciso ter voz.
“As pessoas não nascem monstros, elas se tornam.”
Quem não leu, precisa ler este livro. É capa é bonita e a diagramação simples. Ótimo trabalho com o livro. Só tenho coisas positivas a dizer. Maravilhoso. Talvez uma das melhores leituras do ano.

Então por hoje é isso. Um beijo !! Até breve!!

13 comentários:

  1. Todos estão falando muito bem desse livro, a capa é linda e a sinopse é tão interessante, morro de vontade de ler esse livro.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Gente, como eu amei esse livro ♥ foi um dos melhores que li esse ano, e mexeu muito comigo. Fiquei de queixo caído com o final.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Assim que o livro começou a ser divulgado aqui no Brasil, já me bateu a curiosidade de saber sobre o que se tratava: uma capa linda dessas chama a atenção de qualquer um! Mas até então não tinha lido nenhuma resenha e confesso que você me deixou bastante animada para a leitura! Gosto muito desses livros que abordam os mais diversos tipos de problemas, é interessante a gente conhecer mesmo.
    Já anotei aqui na listinha de próximas compras. Só espero não começar 2015 falida! HAHAHA
    Amei a resenha ♥

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha, o livro parece ótimo!
    Desejo a você um feliz Natal!!!
    Beijos <3 <3

    vintageiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tinha ouvido falar deste livro. Parece ser muito bom. Gostei da resenha!
    Beijos, www.doseujeito.tk

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li esse livro, mas a sua resenha estava maravilhosa.

    Beijos.
    www.keithpappen.com

    ResponderExcluir
  7. Parece ser uma historia bem chocante, mas são fatos que podem acontecer, me deu uma profunda vontade de ler.
    http://teoremademari.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia, mas fiquei muito curiosa. Me interesso muito por estes livros com historias paralelas que se relacionam ^^
    Feliz Ano Novo :)
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li a obra e confesso que nunca tinha prestado muita atenção nesse livro até a sua resenha. Mas eu gostei bastante do que li por aqui e fiquei com vontade de conhecer a obra.
    Excelente resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de janeiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  10. Gostei da resenha e do ponto de vista! Muitas das vezes realmente a pessoa que sofre a violência pode se sentir culpado. E é importante ajudar a derrubar isso. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Confesso que não conhecia esse livro, mas amei a sinopse!
    Beijos <3

    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, bem legal a resenha, parece ser um bom livro!
    Um beijo

    Suellen Esposte Blog | Facebook | Youtube

    ResponderExcluir
  13. Oi Grazy!
    Ainda não li um livro que trate desse assunto e fiquei bastante interessada nesse. Na lista de desejados!

    Beijos,
    http://www.epilogosefinais.com/

    ResponderExcluir

Comente! Mas por favor, não deixe de ler o post. Isso é muito importante.
Você pode deixar o endereço do blog, de preferencia da seguinte forma,
ex: meusantidotos (blogspot) ou meusantidotos (hospedagem), assim evitaremos que o blogger reconheça como spam.
Ficarei feliz em retribuir a visita. Volte sempre.
x.o.x.o